quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

Quarto de Casal Moderno


O quarto de casal é seu espaço de descanso e a decoração deve ser feita a dois, tendo em conta os gostos pessoais, tornando este espaço um local tranquilo e aconchegante. Cada vez mais os casais procuram uma decoração num estilo moderno, com linhas simples e contemporâneas que permite brincar com as cores e com os acessórios elegantes.


As tendências de moda também chegam à decoração, todos os anos surgem novas cores e linhas que servem de orientação, mas a escolha final deve ser feita para que o casal se sinta bem neste espaço, que o sinta como um refúgio para descansar ao fim de um dia de trabalho.
Em primeiro lugar deve escolher as cores, as paredes devem ter cores sóbrias que permitam brincar com acessórios mais coloridos e que tornem o espaço mais aconchegante, o papel de parede de parede numa das paredes funciona muito bem e dá um toque de originalidade ao espaço. Pode ainda apostar em adesivos de parede para valorizar um recanto do quarto.

As cores mais utilizadas no mobiliário para decorar um quarto moderno são o branco, preto, castanho escuro, tipo chocolate, ou madeira de tons mais claros.

A iluminação é importante para criar um ambiente confortável, aposte em candeeiros de mesa, para que o casal possa ler um livro, uma revista, ver televisão ou mesmo conversar, os candeeiros dão um toque de modernidade e romantismo.


A cama é o ponto mais importante num quarto, a cama deve ser escolhida de acordo com o espaço que a divisão tem e com o estilo que mais gosta, as camas tamanho king e queen, ou seja muito grandes estão muito em voga nas decorações mais modernas, mas antes de optar por estes tamanhos deve planear todo o mobiliário para ver se este tipo de cama não enche demasiado o quarto.


Invista em roupa de cama colorida que faça sobressair o quarto, esta deve combinar com as cortinas e os tapetes escolhidos, tons mais neutros e de uma só cor são mais fáceis de conjugar. Acrescente à decoração moderna do quarto de casal acessórios de bom gosto como caixas para guardar objetos de valor ou de uso diário, para que estejam sempre guardado, e arrumados, fotografias do casal e da família, espelhos e objetos de decoração originais.



 


domingo, 8 de dezembro de 2013

Pode usar Vedacit no concreto ?

Muitas pessoas me enviaram e-mails me perguntando se pode usar
Vedacit no concreto e qual a porcentagem. Muitos Pedreiros não
tem esse conhecimento, e acham que Vedacit no concreto estraga
o mesmo. Para não deixar duvidas, entramos em contato direto com
Otto Baumgart/Vedacit.
                                                                   

Eles reponderam que pode sim e mandaram também a 
porcentagem.

Concreto impermeável
Para a obtenção de concretos impermeáveis, usam-se 
traços com consumo de cimento de 350 kg/m³ de 
concreto, obedecendo a um fator água/cimento de 
até 0,50.
Reduz-se o fator água/cimento com o uso de 
FAZGRAUTH VEDACIT, hidrofugando o
sistema capilar restante com VEDACIT 
(1% sobre a massa de cimento).

Adensar e curar cuidadosamente para obter 
um concreto impermeável.

Espero que tenha ajudado até a próxima. 

Fonte: www.vedacit.com.br. 

domingo, 10 de novembro de 2013

Sensores de Presença

Os sensores infravermelhos passivos são importantes
elementos na detecção de invasão e intrusões em um
ambiente, pois diferente do que se acredita a maioria
das pessoas, eles não são sensores de movimento e 
sim sensores de variação de temperatura. E são 
calibrados para a temperatura do corpo humano.


Funcionamento:

Eles são chamados infravermelhos passivos porque somente 
captam variações de irradiação de luz infravermelha (variações 
de temperatura) no ambiente. Todos os objetos emitem certa 
quantia de luz infravermelha, uma mudança repentina no ambiente, 
como por exemplo: a entrada de uma pessoa alterará essa 
quantidade de luz infravermelha, causando um alarme.


Ao escolhermos o tipo de sensor que iremos instalar devemos
ter atenção aos seguintes detalhes:

a) Ambiente interno ou externo;
b) Temperatura do ambiente;
c) Área do ambiente;
d) Distúrbios no ambiente.


A maioria dos sensores são projetados para trabalhar em área 
interna, pois não possuem muitos ajustes de sensibilidade e nem 
suas lentes e carcaças são apropriadas para suportar a ação do 
sol, chuva, etc. Portanto se o sensor vai ser colocado em uma área 
externa devemos escolher um sensor projetado para tal tarefa, 
para uso externo.


O sensor infravermelho possui um recurso chamado compensação 
de temperatura, ele funciona da seguinte maneira, quanto mais alta 
for a temperatura ambiente mais sensível ele fica, portanto se a 
temperatura ambiente é alta devemos utilizar sensores com 
compensação “real” de temperatura, pois ele ajustará o sensor para 
a temperatura local, deixando mais ou menos sensível, de acordo 
com a situação.



A área de atuação dos sensores infravermelhos passivos é 
dimensionada por dois fatores, a abertura horizontal de sua lente e 
por sua distância máxima de captação. Deve se utilizar um sensor 
com máxima captação dentro do ambiente.



Em algumas instalações encontramos certos fatores no ambiente 
que requerem recursos especiais dos sensores, como por exemplo, 
animais de pequeno porte, que necessitam de um recurso chamado 
pet alley ou pet immunity, que quando usados não detectarão esses 
animais.

Tipos de sensores:

Infravermelho passivo comum
Capta variações de temperatura no ambiente.

Duplo infravermelho Passivo:
Possui dois sensores em um só dispositivo, causando uma maior 
imunidade a roedores, pois só causará um alarme com o 
acionamento simultâneo dos sensores.

Dupla Tecnologia:
Conjugam em um só sensor duas tecnologias distintas, o 
infravermelho passivo (capta variação de temperatura) e o emissor 
de microondas (capta movimento), somente com o acionamento 
conjugado das duas tecnologias será causado um alarme, sendo 
então, muito mais imune aos falsos alarmes.


Quanto a instalação:
Eles podem ser instalados na parede, no teto, sobre os murros, 
pátios. Lembrando que sempre existe um tipo de sensor para 
cada aplicação. Os sensores de paredes são geralmente instalados 
com um acessório chamado junta homocinética, que serve para 
facilitar e ajustar o ângulo de atuação do sensor.

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Como Escolher um Tapete

O fato é que eles são de fundamental importância
para dar aconchego,  calor, conforto e beleza
a qualquer ambiente.

A infinidade de modelos, cores, tamanhos
e materiais à disposição no mercado atual
fazem com que muitas dúvidas existam para
quem vai se aventurar  a comprar um tapete
ou pensar em uma de coração para sua casa.


Um tapete deve ser comprado só na fase
final da decoração pois é responsável pela
amarração do ambiente, por isso, use a
fita métrica e planeje bem a decoração
antes de fazer adquirir a peça.

Começamos pelo tamanho: qual o ideal
para uma sala de estar?
Dizem os especialistas que quanto
maior, melhor, pois não há nada pior
do que um tapete na proporção errada.


O tapete deve ter uma dimensão que
permita colocar todos os móveis do ambiente
sobre ele: sofás, poltronas e mesas laterais.

Se isso não for possível, o ideal é que o tapete
avance 30 cm para baixo do sofá.
As mesas laterais seguem a regra geral.


Se a decoração não contar com elas, reserve
30 cm de tapete de cada lado do sofá.
E quando usar um tapete redondo?
A maioria dos decoradores reserva o modelo para
 halls de entrada, quartos de criança e em situações
em que, por falta de metragem, não se permitem
modelos retangulares ou quadrados.


Com mesas de jantar redondas, opte por um modelo
quadrado. É possível usar dois tapetes estampados
no mesmo ambiente?
Sim, desde que o matiz seja o mesmo. Também é
possível usar um tapete listrado e outro floral.

Se achar a combinação ousada, opte por um modelo
estampado e um liso num dos tons de destaque do
estampado. Atualmente, usa-se muito a opção de um
único tapete ocupando as salas de jantar e estar.
Essa é uma tendência.No quarto do casal,
o correto é usar um modelo inteiriço, que tenha
início no criado-mudo.
Também é possível confeccionar um modelo em
U para abranger as laterais e a frente da cama.


Passadeiras só em último caso.
Os modernos home theaters precisam de tapete?
Claro que sim, além da função estética, o tapete atua
como isolante acústico, portanto não existe home sem
tapete.


Os mais procurados são os modelos mais altos,
fofos e volumosos, mas atenção: se o rack não
for suspenso, deixe de 10 cm a15 cm de piso
para movimentar portas e gavetas.

LIMPEZA


Outro ponto que merece atenção é a limpeza: fuja
de receitas caseiras pois o prejuízo pode ser grande.
Use aspirador duas vezes por semana e para
eliminar manchas, apenas sabão e detergente neutros.
Na dúvida, consulte o fabricante.
Repare que alguns tira manchas podem danificar os fios.








terça-feira, 8 de outubro de 2013

Acabando com Manchas de Umidade


Pontos de infiltração atingem 
revestimentos, pintura de fachadas
 e até estruturas.

As manchas de umidade são causadas por infiltrações
em qualquer lugar mal impermeabilizado da casa. Entre
os mais prejudicados estão os banheiros, fachadas,
tetos e paredes. A umidade afeta a pintura, o piso e
até mesmo a estrutura em concreto. A solução
impermeabilizar, pois é o que garante proteção e
conforto, além de evitar gastos futuros com reformas.


A primeira ação ao detectar umidade é retirar o revestimento
afetado e higienizar o local com água sanitária, removendo
todo tipo de sujeira a limpeza é fundamental para evitar o
desenvolvimento de micro organismos por baixo da
camada impermeabilizante.


As principais saídas para acabar com as manchas são as seguintes:

FACHADAS DE TIJOLO APARENTE

As manchas aparecem porque a argamassa é feita de materiais
 porosos que absorvem água. A infiltração atinge os tijolos e
 alcança o revestimento interno da parede o que mancha a
 pintura. A alternativa é impermeabilizar. O produto deve ser
 misturado no novo reboque e aplicado na fachada. 
O acabamento ficará melhor se uma resina acrílica for usada
 sobre os tijolos.

PINTURA DE PAREDES EXTERNAS

Intempéries sempre afetam a pintura de fachadas. Tintas resistentes
á umidade são uma saída para diminuir o problema, mas o ideal 
é apostar também em um bom impermeabilizante. A aplicação
do produto deve ser feita após a retirada da pintura manchada e
   da lavagem com água sanitária.

ÁREAS MOLHADAS DA CASA


O problema com infiltrações é causado, na maioria das vezes,
pela incidência de vazamento. Ambientes molhados sem circulação
 de ar são propícios a umidade. O Box do banheiro é uma das
 regiões mais afetadas. As alternativas são as tintas especificas 
com impermeabilizantes na composição e manter a janela aberta.
 A falta de rejunte nos azulejos é mais um fator que causa
 infiltração no banheiro.

PAREDES COM PORTAS E JANELAS

Regiões no entorno de caixilhos de portas ou janelas se
transformam em alvos quando o assunto é infiltração. A
estrutura de alumínio ou madeira precisa ser bem vedada
para que manchas ou trincas “ originadas pela diferença 
de dilatação dos materiais ” não apareçam. Se a tinta do 
local já estiver afetada, a melhor saída é retirar o
acabamento e fazer nova vedação das estruturas.

MANCHAS EM JANELAS E RODAPÉS

Infiltrações em rodapés são indícios de que o solo apresenta
umidade excessiva, “ originada, na maioria dos casos, pela 
água acumulada em pisos sem caimento.” Outra possibilidade
é vazamento nas tubulações da casa. A questão estrutural
 deve ser resolvida e local impermeabilizado. Manchas
 podem surgir em lajes de concreto e neste casão, a
 solução é investir em mantas asfálticas para isolar a superfície.

domingo, 8 de setembro de 2013

A importância da decoração nas residências

Ter uma casa decorada, organizada e limpa proporciona mais
 segurança e bem-estar aos seus moradores. Sendo assim, é 
essencial aplicar nos ambientes idéias que reúnam bom gosto
 e que agradem a todos.
Saber harmonizar cores, acessórios, móveis e objetos é de 
extrema importância para que os cômodos da casa tenham 
um clima agradável que equilibrarão os sentimentos e a vida 
de todos os habitantes. Desse modo, é relevante utilizar 
elementos como sons, luz e estilos e pequenas atitudes que 
ajudem a manter a paz interior.
Deixar a luz entrar nos cômodos da residência é uma ótima
 forma de renovar as energias. Assim, ao acordar pela manhã,
 abra as janelas e deixe os raios de sol entrarem nos ambientes.
 Além de trazer luminosidade, o calor dá vida e mais alegria
 para dentro do lar.

 Outra forma de decorar a casa é se inspirar nos elementos
 da natureza. As cores das plantas e flores combinam
 perfeitamente e levem mais tranqüilidade e calma aos 
 espaços.
Além disso, decorar a casa com esses elementos é
 recompensador porque eles propiciam sensações
positivas para a família e demais pessoas que
 frequentam a residência.

Técnicas de Feng Shui também são utilizadas por quem
 não dispensa a harmonia dentro do lar. Sendo assim, 
saber a forma correta de disponibilizar os móveis e os 
acessórios no ambiente, escolher cores neutras e 
utilizar-se de objetos que protejam a casa e exclua maus
 fluídos são excelentes formas de deixar o lar bonito
e acolhedor.
Técnicas de Feng Shui também são utilizadas por quem 
não dispensa a harmonia dentro do lar. Sendo assim, 
saber a forma correta de disponibilizar os móveis e os 
acessórios no ambiente, escolher cores neutras e 
utilizar-se de objetos que protejam a casa e exclua maus
 fluídos são excelentes formas de deixar o lar bonito
 e acolhedor.
Obras de arte, como quadros e esculturas, também 
consentem um ambiente mais sofisticado. Aliás, ter 
esses acessórios dentro de casa é demonstrar requinte
 e personalidade na decoração. Esses objetos fazem 
com que a criatividade e a imaginação ganhem 
destaque ao serem observadas. 


sábado, 31 de agosto de 2013

Telhado Ripado

Inclinação correta
O caimento do telhado depende do tipo de telha escolhida,
mas a altura da empena depende também da altura da
caixa d’água que ficará debaixo do telhado.
Não esqueça de deixar espaço para abrir a tampa da caixa 
d'água.Instale a caixa sobre uma base em madeira com
caibros ou vigas, com uma distância mínima de 1,50m 
entre o fundo da caixa d'água(base em madeira)e o
chuveiro, para que a água desça com pressão
suficiente.
Observar que as telhas devem ser colocadas de modo
a terem um caimento ( queda d’água) de no mínimo
20% e no máximo 50% em relação à laje ou respaldo
das paredes de acordo ao seu comprimento 
acrescentando o beiral, dependendo do tipo da telha
utilizada Telhas Duplas (conjugadas capa e canal) 
ou Telha simples ( capa e canal separadas) 

CALCULO 
Para se calcular a quantidade correta de telhas de
um telhado multiplica-se o rendimento (ocupação) de
telhas fornecida pelo fabricante X metragem do telhado. 
Faz-se necessário levar em conta a inclinação, as
sobreposições e o comprimento dos beirais.

EXEMPLO 
Telha a ser usada é a Romana, informação fornecida
pelo fabricante é de 16 peças por 1 m²
Metragem do Telhado = 130 m² (Já com inclinação 
e beirais) 16 peças m² X 130 m² = 2.080 telhas
Cumeeiras são usadas 3 peças por ml.

MADEIRAMENTO DE UM TELHADO

É fundamental que a estrutura do telhado esteja em
perfeito esquadro para que não haja empeno no
madeiramento (madeira) e não prejudicar o efeito
estético e a segurança do mesmo.

Usar madeiras de qualidade, de boa resistência e 
durabilidade (Peroba Rosa).

Quando usar madeiramentos aparelhados, 
recomenda-se comprar sempre bitola maior do que
a especificada, como viga especificada
 6x12 comprar 6x16, ripa 1,5x5 comprar 2,5x5 e 
assim por diante, pela perca de grossura no 
aparelhamento.

Usar vigamento com no mínimo 6 x 12 na cumeeira,
terças e tesouras (quando houver).
Terças intermediárias com distanciamento de no 
Máximo 1,50 Mts.
Os caibros devem Ter medidas mínima de 5 x 6 
e distanciamento de 50 cm no máximo eixo a eixo.
A colocação das ripas inicia-se de cima para baixo,
ou seja, dacumeeira para o beiral e distanciamento 
(galga) de acordo com a telha a ser usada. Não
aconselhamos que inicie a colocação das ripas sem ter
o lote das telhas a serem usadas disponível na obra.
As ripas devem ter medida padrão de 1,5 x 5cm ou
ripão de 2,5x5cm, conforme a telha a ser utilizada.
O verdadeiro calculo das necessidades de resistência
e suporte de um telhado, deve ser feito por um
profissional habilitado, as medidas informadas são 
somente para orientar, pois cada vão e cada tipo de
cobertura tem suas proprias especificações. 


MADEIRA INADEQUADA PARA TELHADO
Não devem ser empregadas na estrutura peças de 
madeira que sofreram esmagamentos ou outros danos
que possam comprometer a segurança da estrutura.
Madeira com alto teor de umidade (madeira verde).
Com defeitos como nós soltos, nós que abrangem 
grande parte da seção transversal da peça, fendas 
exageradas, arqueamento acentuado(forma de
arco de um trecho inteiro).
Madeiras com sinais de deterioração, por ataque 
de fungos ou insetos. 

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Como instalar forro de PVC

Se o forro for instalado junto ao teto, apenas os perfis transversais às lâminas
 de forro serão necessários.
Sendo rebaixado do teto, utilize um espaçamento.

Em seguida, instale as cantoneiras em todas as paredes do ambiente que 
será forrado (roda-forro), cortando os cantos em 45 graus – meia esquadria.

Quando as lâminas forem menores do que o comprimento que será forrado, 
utilize a emenda para possibilitar a instalação.
Antes de iniciar a colocação das lâminas de forro, defina a posição das luminárias
 e equipamentos que serão colocados junto a ele.
Recorte a primeira lâmina com comprimento de 1 cm menor que o vão onde o 
forro será instalado .

Inicie a colocação das lâminas de forro observando os seguintes pontos:
A face com a identificação do forro deve estar voltada para a cobertura;
A lateral “macho” A do encaixe da primeira lâmina deve ser introduzido na 
cantoneira B (roda forro), permitindo que a borda de fixação fique disponível
para ser fixada.

Para tramas de sustentação de madeira, utilize pregos de 12 x 12; para 
estrutura em metalon, utilize rebites, grampos ou arame.
Para colocar a última lâmina, corte-a com 2cm menor do que o comprimento 
onde o forro será instalado
A largura da última lâmina deverá ter a medida do fundo da cantoneira até o
 fundo do engate fêmea da lâmina anterior menos 1cm
Com o lado cortado voltado para a cantoneira, encaixe as duas extremidades da 
lâmina nas cantoneiras laterais, mesmo que ela fique sobreposta à lâmina anterior.
Encaixe o forro até o final da cantoneira. Com o auxílio de uma chave de fenda 
ou espatula, fixe o engate macho no engate fêmea da lâmina anterior.

terça-feira, 2 de julho de 2013

Blocos de vidro



O uso de paredes, internas e externas, com blocos de vidro é muito freqüente
em nossa arquitetura. Pelo fato de o bloco de vidro ter dilatação e absorção
 muito baixas, é necessária a utilização de uma argamassa especial.
Os blocos de vidro são peças que não apresentam absorção de água, exigindo,
uma argamassa especial, com elevada aderência.

O assentamento dos blocos requer a utilização específica de ferramentas e
 acessórios, assim como das argamassas para seu assentamento
e rejuntamento.



Material necessário:
Bloco de vidro
Esponja para a limpeza do bloco,
Prumo,
Martelo de borracha,
Colher de pedreiro,
Argamassa própria ,
Espaçador normal,
Espaçador tipo T,
Espaçador tipo L,
A utilização de material inadequado provoca fissuras nas juntas
e desprendimentos tanto do material de rejuntamento quanto do
bloco de vidro, comprometendo a estética e a estanqueidade do
 elemento construído.



Para iniciar o assentamento é necessário verificar a planeza da base e o
 prumo das referências verticais onde serão assentados os blocos. Em
 alguns casos o fabricante dos blocos recomenda assentamento sobre
cantoneira metálica fixada no piso. Sempre consulte as recomendações
do fabricante dos blocos de vidro.


Certifique-se de que o vão a ser preenchido com os blocos tem as dimensões 
adequadas quanto ao seu formato, uma vez que eles não devem ser cortados. 
É recomendado que o projeto do assentamento encontre-se de acordo com as
demais indicações dos fabricantes dos blocos.


É aconselhável utilizar barras de aço no assentamento dos blocos para
travamento do painel a ser construído. Inserir na junta de assentamento
vertical e horizontal barras de 5mm de diâmetro, ou conforme critério
do responsável pela obra.



quinta-feira, 27 de junho de 2013

Como assentar uma Janela



A boa instalação das esquadrias é muito importante, o bom funcionamento
 das esquadrias depende de sua correta instalação, pois uma instalação
 deficiente pode comprometer todo o desempenho da esquadria e
 conseqüentemente de sua porta ou janela.

Para uma boa fixação da esquadria, é importante a existência de tacos de
madeira bem chumbados na alvenaria.

Ou se preferir, para a utilização de espuma expansiva deverá ser efetuado
o nivelamento interno no vão.

Os tacos devem ser colocados durante a execução da alvenaria;
Colocação de contra-marcos antes da execução do reboco, pisos e azulejos;
Colocação das esquadrias externas, após o reboco e a colocação dos
azulejos; Colocação das esquadrias internas, após a colocação do piso,
aplicação de massa corrida ou selador e pintura nas paredes
Não use pregos para fixar esquadrias e portas, use somente parafusos,
2 para cada taco.

Não é dificil, usando a espuma expansiva é mais fácil ainda, no caso de
duvida, chame um profissional habilitado.

quarta-feira, 12 de junho de 2013

O que é Impermeabilização

Podemos dizer que  impermeabilização consiste em
Aplicações técnicas de produtos com o objetivo de proteger o imóvel contra
ação de águas decorrentes de chuva, lavagem, banhos ou de outras origens.
Água que penetra nas superfícies e estruturas afeta o concreto,
suas ferragens, as alvenarias e os revestimentos. O ambiente fica úmido com      fungos e mofos. A vida útil de uma  edificação depende de uma boa impermeabilização. 
 



Quando Iniciar a Impermeabilização ?

A Impermeabilização deve ser iniciada no alicerce da sua edificação. Começamos
 pelos baldrames, lajes de pisos e muros de arrimo(paredes de contenção do sub-solo). Diversos são os métodos para impermeabilizar essas áreas, como a aplicação de aditivos, soluções e emussões asfálticas e mantas. Abaixo iremos comentar como cada sistema pode ser utilizado para impermeabilizar os alicerces.


Aditivos

Há muito tempo a Sika e Otto Baumgart lançaram produtos impermeabilizantes no mercado da construção civil. Sika 1 e Vedacit são aditivos que impermeabiliza concretos e argamassas por hidrofugação do sistema capilar.
As argamassas deve ter um traço de 1:3 ( 1 parte de cimento para 3 partes de areia)
0s contrapisos  deve ter um traço de 1:4 (1 parte de cimento para 4 partes de areia)
Os concretos pode ter um traço de1:4:3 (1 parte de cimento para 4 partes de areia e 3 partes de brita)
Obs. Para cada 50 kgs de cimento deve usar  2 litros de Sika 1 ou de Vedacit
Recentemente a sika  lançou o impersika (antigo vedasika) que além de impermeabilizar ele também da liga na massa. É o 2 em 1 da Sika.




Soluções Asfálticas 

Neutrol é uma tinta betuminosa usada para impermeabilizar baldrames  lajes e 
muros de arrimo ( paredes de contenção) etc
Igol S  produto similar ao neutrol

Emulsões Asfálticas

Petrofrio 300 , Wadimex A - produtos impermeabilizantes a base dágua muito usados na proteção dos muros de arrimo



Mantas Asfálticas

Manta Alicerce – A Ciplak  lançou no mercado uma manta autoaderente com
objetivo de agilizar a execução dos serviços proporcionando uma ótima impermeabilização.